Este blog é um arquivo, onde exponho alguns dos meus trabalhos com paisagismo - uma paixão, a minha vida.
Considero a minha profissão uma benção, um presente de Deus e isso me dá uma sensação muito boa, afinal, um planejamento de paisagismo nasce da necessidade de inventar um lugar onde se restaure a relação entre o espírito e a natureza
Ao criar um espaço com paisagismo, procuro aplicar movimento à ele, usando os elementos da Natureza para interagir com o ser humano que o usufrui.
By the way, adoro Literatura e utilizo trechos de poemas que me encantam pela delicadeza com que foram escritos.
Bem vindos...! Espero que gostem do meu trabalho.

sexta-feira, 27 de maio de 2016

ILUMINAÇÃO DE JARDINS E VARANDAS

Sob o sol, eles brilham por si. Mas é durante a noite que jardins e varandas podem revelar suas melhores facetas.

O exercício da imaginação, creio eu, é o maior desafio do paisagista.
Exitem infinitas maneiras de usar a iluminação como forma de dar destaque e de proporcionar mais beleza ao jardim.

Abaixo, um exemplo de projeto de paisagismo interno. O efeito da sombra da iluminação cênica no teto e na parede é muito lindo:

...à meia luz com luminárias com pintura eletrostática e lâmpadas em LED PAR 20 para as plantas ganharem volume


Nas três imagens a seguir, os spots iluminam coqueiros e palmeiras e aumentam a imponência dessas espécies
Os caminhos no jardim são iluminados por balizadores:



Vários elementos podem compor a iluminação cênica num projeto de paisagismo, levando as pessoas à desfrutar de noites tropicais com lanternas, velas, luminárias marroquinas, turcas e indianas. Podemos pensar em iluminação de parede, as incríveis PAR 20/38 que iluminam de baixo pra cima num ângulo que destaca muito bem a vegetação escolhida.


Se formos além, vários objetos podem se transformar em luminárias. O tocheiro é bem bacana, mas ainda tem mais: troncos trincados podem ter iluminação interna assim como objetos cerâmicos ou a própria cabaça podem servir de luminária...

A fibra ótica também destaca pontos de água. A diversidade de cores dá mais movimento ao percurso da água em lagos, na queda e espelhos d'água

Dicas para iluminar jardins:

Espécies de pequeno porte pedem lâmpadas de potências menores, de até 50 W. Para espécies maiores, é necessário, no mínimo, o dobro disso. Nesse caso, os modelos AR111 e PAR38 são os mais indicados.





Spots iluminam com eficiência os contornos de vegetações e arbustos de até 2 m. Eles são maleáveis e podem ser direcionados às plantas. Já os espetos possuem um alcance luminoso maior e, na maioria das vezes, são empregados como sinalizadores de caminhos e entradas.

As lâmpadas de led têm o mesmo efeito das convencionais ( halógenas), com a vantagem da alta durabilidade e da economia de energia – o consumo chega a ser dez vezes menor. Contudo, por se tratar de uma tecnologia relativamente nova, o custo é mais elevado. Só que compensa e jaz faz um bom tempo que troquei as halógenas pelas LED.
















domingo, 22 de maio de 2016

VARANDAS EM "L" X JARDIM NO APARTAMENTO

A varanda com formato em "L" é uma delícia de ser trabalhada. Possibilita dividir ambientes de uma forma perfeita. Um jardim como sugestão em um dos ambientes dá muito mais vida ao apartamento.
Introduzir espécies frutíferas e hortaliças entre as espécies ornamentais pontua a preocupação do paisagista em adaptar o jardim à qualidade de vida dos moradores, onde se cria o hábito de conviver com o verde, colher frutos e temperos.
Vamos combinar: alem das flores e perfumes das plantinhas colher morangos e jabuticabas em casa é muito bom. Usar folhinhas de hortelã e manjericão fresquinhas é um privilégio de pessoas com bom gosto!

quinta-feira, 19 de maio de 2016

Como ter um jardim na varanda de apartamento

Essa varanda ganhou vida e cores com as novas almofadas, pratinhos de parede, cachepots coloridos, quadrinho de azulejo branco e azul, banquinho colorido, buda e mais graciosidades que vão mostrando a alma os moradores.
Isso mostra que não só de plantas se constitui um jardim.
Além das espécies que devem ser minuciosamente escolhidas quanto à claridade do local, florações, aromas, textura das folhas, devem ser consideradas.
E acredito que frutas e hortaliças também devem ser bem vindas num jardim de terraço de apartamento.


O uso da madeira é uma constante em meus projetos de paisagismo. ALém de acolhedora, esse material aquece o ambiente e casa perfeitamente com a vegetação e o restante da decoração paisagística. Painéis dos jardins verticais, decks ao piso, bancos e outros pequenos detalhes, em cruzetas, peroba e cumarú, integram o ambiente



Prato turco pintado a mão

Casinha de passarinho. Adoro!

Flores, flores e mais flores! Colorindo e dando graça ao jardim

Surgindo moranguinhos logo mais:

Manjericão

Pimentas

Jardim da varanda visto de dentro do apartamento



Colorido das almofadas se mistura com as cores das plantas

Quadro de azulejos turcos pintados a mão

Buda entalhado em madeira. Estilo zen sempre em alta
A criação de jardins verticais deixaram espaço para outros elementos na varanda que é estreita

De noite o jardim convida a estar nele...